12 de abril de 2006

Vai fermosa e não segura

Foto da Praia Formosa (filhos do Tim dos Xutos) enquanto não "trato" as que deveria ilustrar a crónica
Bom dia!

Praia Formosa
Formosa, esta palavra leva-me sempre ao soneto de Camões: Descalça vai para a fonte
Lianor pela verdura;
Vai fermosa, e não segura.

Leva na cabeça o pote,
O testo nas mãos de prata,
Cinta de fina escarlata,
Sainho de chamelote;

Traz a vasquinha de cote,
Mais branca que a neve pura.
Vai fermosa e não segura.

Descobre a touca a garganta,
Cabelos de ouro entrançado
Fita de cor de encarnado,
Tão linda que o mundo espanta.

Chove nela graça tanta,
Que dá graça à fermosura
.Vai fermosa e não segura.

Ando há dias com uma vontade enorme de voltar a falar da nossa praia mas, pensei com os meus botões: se disseres o que estás a pensar vão dizer que andas a perseguir alguém e vão olhar para ti de esguelha, mais uma vez, mas o que tem que ser tem muita força e depois de me virem dizer o que me disseram lá fui eu Domingo de tarde caminho da Paria abaixo para voltar a olhar o motivo do meu desgosto inicial e ver de perto o motivo da queixa que alguém indignado me fez e que também me indignou.

Vou levantar devagarinho a ponta do véu…Eu não sou muito de sair de casa, mas às vezes apetece ir por esses caminhos da ilha e olhar os verdes detrás dos Picos, o azul lindo do nosso mar. Há dias veio a Santa Maria um amigo meu recente que viveu em Santa Maria dos dois meses aos pouco mais de dois anos. Tinha uma imensa curiosidade em conhecer a ilha e lá me dispus eu, em detrimento do meu enorme desejo em participar na Procissão da Passos, a mostrar-lhe o que conheço da ilha. Íamos a começar a descer a Praia e chamo-lhe a atenção para a paisagem que iria aparecer-lhe diante dos olhos mesmo em frente ao Miradouro da Marcela…curva desfeita e os meus olhos batem, nem quis acreditar, numa enorme palmeira plantada à sovela num monte de terra rodeado de pedras quase ciclópicas… Não pode ser…Onde está a baía da Praia??? Andamos a limitar a altura dos prédios e plantam-nos um mamarracho daqueles assim de um dia para o outro num sítio daqueles? Ainda se a palmeira tivesse crescido ali e nós a tivéssemos visto a crescer se calhar não incomodava tanto, mas assim da noite para o dia…ideia peregrina essa…Mas está bem…deve de haver quem goste. Eu não…Era uma maravilha ir descendo aquele bocadinho de estrada e os olhos irem “descobrindo” a praia e depois estacionar o carro, sair e ver a baía completa.

Hoje na minha ida à praia, para além de ter ido reconfirmar que a tal palmeira não era pesadelo que eu tivesse sonhado uma destas noites, fui, também, reconfirmar o que alguém indignado me tinha contado: estão a desaterrar um terreno na Praia, junto ao hotel de apartamento dos Melos, e estão a lançar no mar a terra retirada. Ainda a procissão vai no adro, pois ainda há umas boas toneladas de terra a serem retirados, e a água da praia dos “Complexados” está barrenta. Segundo se diz, “alguém” terá autorizado semelhante atentado ao bem comum. Como pode alguém ou entidade ter autorizado que um particular construtor, para que uma obra fique mais barata ao poupar o preço do transporte do entulho para sítio conveniente (quantos quintais a precisarem de terra, quantas obras a precisarem de entulho) o lança, pura e simplesmente para a praia para que o mar o lave e leve. Sabemos que a “água lava tudo, menos a má-língua”, mas será que se pesou as consequenciais da decisão? A nossa Praia Formosa tem sido alvo de atentados ao longo dos anos, erros sobre erros e a culpa sempre tem morrido solteira e depois vem a pergunta porque não falaram? porque não apresentaram o problema? com ar inocente ou com a má fé de quem se demite das responsabilidades ou conscientemente favorece os amigos, familiares ou conhecidos, ou levianamente decidiu sem pensar. Tanta tonelada de terra não irá impedir a subida da areia para a praia? Ou por outro lado até vai favorecer e eu estou a falar sem saber? Também não me compete a mim saber pois não tenho acesso a técnicos entendidos dos gabinetes do Governo Regional nem do Laboratório de Engenharia Civil. Eu, só olho, vejo, penso e digo. Ouço o que me dizem e transmito-o…Ouvi indignação, estou indignada e digo-o

Fermosa, formosa significa coisa linda, delicada. Tenho uma vaguíssima ideia de como era a nossa Praia Formosa antes do “progresso” lhe ter tirado alguma da formosura que tinha e hoje começa a ser difícil de entender o porquê do nome.
Abraços marienses
Santa Maria, 10 de Abril de 2006
Ana Loura

2 comentários:

albertokorda disse...

Ana
É com agrado que abro o teu blog, apesar de tudo, adoro ler as tuas crónicas, gostava de ter a facilidade que tens para o texto.
Inaugurei um FotoBlog, mas ainda não o publicitei, vais ser a 1ª.
Beijos
http://fotovisao.blogspot.com/

Desambientado disse...

Formosa Sempre.

Praia Magnífica.

Votos de Boa Páscoa.