Get this widget | Share | Track details
Mulheres de Atenas: César e os "discos pedidos"

16 julho 2007

César e os "discos pedidos"


Foto retirada do site do Governo Regional

Bom dia!

A César não deveria bastar ser o Presidente do Governo Regional dos Açores, deveria, também, parecer o Presidente do Governo Regional dos Açores. Desbocar-se em observações deselegantes não é bonito, perder a pose desacredita e Albertos Joões o da Madeira basta. Dizer que as obras do Governo não são “discos pedidos” poderá querer dizer que não vale ao Povo a pena reivindicar, que os Conselhos de Ilha não têm razão de existir, que as reuniões realizadas com as Câmaras e Juntas de Freguesia são perdas de tempo e que o tempo programado para as tais visitas de desobriga às ilhas é demasiado longo e que até ficaria mais barato ao erário público uma visitinha relâmpago para cortar as fitas e that’s it, tá feito. Pois qualquer Secretário do pelouro é suficiente para ver o andamento das obras que mui sabiamente o governo, sem ser a pedido de ninguém, programa.

Pena são os abortos que por vezes daí saem como a profundidade do cais ferry ser insuficiente, mas disso não fala César, não lhe convém. Também não lhe convém falar que as “obras a pedido” constam no programa eleitoral do seu partido quando quer convencer os marienses a votarem nas suas listas quer para a Câmara quer para a Assembleia Legislativa Regional que depois lhe dá o mandato de formar governo e decidir quais as obras que, sem serem a “pedido” por quem vive nas ilhas e sente as necessidades e se considera com direito de pedir porque paga os impostos que pagam os vencimentos, deslocações, ajudas de custo, automóveis, do Senhor Presidente, dos Secretários e outros, magnanimamente decide oferecer a quem efectivamente tem direito porque paga. O Senhor presidente esquece-se que foi eleito para gerir e não para dar benesses, fazer favores. O Povo tem direito às obras que o Governo faz. A essas e às que por vezes não faz e deveria fazer, ou fazer de forma eficaz.

Do site oficial do Governo:

“O Governo Regional investiu, nos últimos três anos, cerca de 1,2 milhões de euros no parque habitacional da Santa Maria, uma ilha que está em pé de igualdade com as restantes no que diz respeito a apoios para a habitação e para a atracção e fixação de pessoas”

Pelo lido presume-se que Santa Maria apenas esteja em pé de igualdade com as outras ilhas no que respeita a estes particulares da habitação e atracção para a fixação de pessoas. Não entendo muito bem como que passado mais de um ano da criação da Sociedade Ilhas de Valor apenas na área da habitação os apoios a Santa Maria se equiparam aos das outras ilhas e não sou eu quem diz, é o Governo Regional.

Mais uma visita se cumpriu, no site do Governo Regional vem listado o programa realizado. Desejo sinceramente que o dito no site do Governo corresponda efectivamente ao realmente feito o que mesmo assim me parece pouco, mais show off que coisas palpáveis. Dizer que no Centro de Saúde há um considerável aumento das consultas de planeamento familiar a mim diz-me muito pouco pois sabemos das dificuldades que a população mariense enfrenta a nível das condições de atendimento; dizer que os contentores que a ESA vai colocar com equipamento também continua a querer dizer muito pouco pois não sabemos quantos postos de trabalho para marienses irão ser criados.

Não percamos a esperança em melhores dias.

Ontem entrou em vigor a lei recentemente aprovada sobre a interrupção voluntária da gravidez. Gostaria de reafirmar que fazer prevenção é tomar medidas antes das coisas acontecerem, portanto o recurso à interrupção voluntária da gravidez é um acto pós acto. O importante é prevenir, fazer um eficaz planeamento familiar. As gravidezes indesejadas não acontecem apenas aos outros.


Meninos e meninas vamos lá tomar a pílula, usar o preservativo, absterem-se de relações sexuais desprotegidas. Usem e abusem da recusa ao sexo pelo sexo e tenham umas boas férias nas nossas praias maravilhosas

Abraços marienses
Árvore, 16 de Julho de 2007
Ana Loura

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

A César o que é de César - o Homem tem feito umas coisinhas pela Ilha ... nem sempre se notam muito e a maioria leve muito tempo a aperecer ... pois se são obras tão grandes... é natural e por isso vem cá mais vezes que é para ir fiscalizando o andamento, desde que durem a quadratura e deem para inaugurar no fim o povo ri e eles são novamente eleitos porque onde está a oposição a tudo isto?? e não sejas incrédula a ESA vai mesmo funcionar e em vez de ser para mirar os satélites que mais não seja para mirar as tais grandes obras que cá se fazem e assim já o governo não precisa cá vir ...., por acaso outro dia fui aos milagres às sopinhas e olhando lá para as esquerdas da assomada ou como aquilo se chama deparei com um grande vedação e me pareceu uma central nuclear??? esta ilha é por demais faz-se e desfaz-se com uma rapidez que é impressionante... bem melhor mesmo é aconselhar os jovens... sexo sim mas seguro, que os tempo não tâo pa brincadeiras....

Abraços Marienses
L.A.

19 julho, 2007 14:29  
Anonymous mcc said...

a mim, como micaelense mas nao mt orgulhosa disso, mto me entristece ver o que ele nao faz pelas outras ilhas e o que desfaz nesta: p.ex. está a descaracterizar por completo a marginal de ponta delgada, á custa de mt mas mt do nosso dinheiro!!! daqui a dias quem quiser sentir o cheirinho a marezia talvez tenha que ir mesmo para a costa norte, pk junto ao mar desta cidade acho que se irão instalar umas boas dezenas de restaurantes e cheiro só mesmo a frituras...
falando de esquecimentos, basta tb olhar mesmo dentro desta ilha para o concelho de Nordeste, que se nao fosse a "teimosia" do seu presidente de camara, movida pelo grande amor que tem à sua terra natal, acho que teria parado no tempo mesmo.... já acabaram com os correios de lá, encerraram escolas, querem agora encerrar o tribunal judicial, qualquer dia será o centro de saude.. tem sido uma luta dos diabos para que nao haja um retrocesso no tempo e nos direitos de cidadania que aquele concelho foi conquistando ao longo de anos..com vem mesmo nesta grande ilha existem insularidades movidas tb por razoes politicas ..
bjs Ana e nunca percamos a esperança de um amanha melhor!!
MAria

23 julho, 2007 02:08  

Enviar um comentário

<< Home