Get this widget | Share | Track details
Mulheres de Atenas: "Governo processa ANA por poluição"

21 abril 2008

"Governo processa ANA por poluição"

Bom dia!


Estou em casa, cheguei na passada Quinta à noite. Gosto de estar em casa, saber notícias do que é nosso, andar pelos sítios, conversar com as pessoas de quem gosto. Há sempre novidades. Uma é que o meu Partido realiza estes dias Jornadas Parlamentares e que um dos nossos Deputados à Assembleia da República se desloca hoje, Segunda-feira dia 21 de Abril, a Santa Maria para conhecer ao vivo a nossa realidade para poder falar sobre ela na Assembleia. Reunirá com o Senhor Director do Aeroporto de Santa Maria, da empresa ANA SA, com a Senhora Presidente da Câmara Municipal, com o responsável pela EDISOFT/ESA em Santa Maria e com Direcção da Associação de Andebol de Santa Maria. Oxalá leve a pasta cheia de assuntos pendentes que precisam de empurrõezinhos na República.

Sexta fui registar os meus jogos da Santa Casa ao Max e como estavam algumas pessoas à minha frente fui folheando o Açoriano Oriental e logo na primeira página, no topo um título a letras gordas prende a minha atenção “Governo processa ANA por poluição ambiental” e o meu pensamento imediato foi: Só agora? Vá lá que acordou, o nosso Governo. E veio-me de imediato à memória duas das minhas crónicas, uma onde eu afirmava que a mentira tem perna curta, que não basta alguém dizer que é amiga do ambiente e andar a despejar no mesmo saco os lixos que os utilizadores dos seus espaços colocam em recipientes separados e depois um funcionário despejar tudo no mesmo saco e depois um camião de caixa aberta passeia o lixo pelas nossas estradas até ao destino. Era assim no dia 26 de Março de 2006 quando escrevi o que transcreverei, será que já mudou? “Mas desilusão eu já a tive, pois quando vou ao terminal do nosso Aeroporto vejo lá uns recipientes todos bonitos e aerodinâmicos com cestinhos dentro com a finalidade de lá serem depositados, separados, os lixos dos passageiros e acompanhantes, porque a ANA é uma empresa que se preocupa com o ambiente. Depois vem uma das senhoras da empresa de limpeza e “dumpa-o” para o mesmo saco. Lá estou eu a ser enganada e não gosto, claro que não gosto…Mas parece que é apanágio das empresas nacionais que se dizem verdes e amigas do ambiente esquecerem-se de o ser aqui na ilha, e não saberem onde ficam os pontos onde se faz a recolha selectiva, não fazerem acordos com as autarquias e canalizarem, pelo menos, o papel e as garrafas de plástico para os contentores devidos. Para mim o que elas fazem é uma forma de mentira, de fuga à verdade de não serem verdes mas pretas por faltarem à verdade e terem a responsabilidade de não estragarem o bem comum que é o nosso frágil ecossistema e se demitirem das suas responsabilidades para com as comunidades em que estão inseridas.” Mais tarde, no dia 23 de Julho de 2007 escrevi assim: “Vi em vários blogs fotografias que me chocaram, me entristeceram e me revoltaram. Uma coluna de fumo negro a subir no ar vinda de dentro dos limites da zona ar do aeroporto de Santa Maria. Pelo que me pareceu foi realizada uma queimada numa zona de mato. Pela cor do fumo questiono-me se teria sido “apenas” mato…Mas as questões fundamentais são: Pode qualquer pessoa realizar queimadas? É legal? Pode a ANA realizar queimadas? É legal? Pode qualquer pessoa poluir o ambiente? É legal? Pode a ANA poluir o ambiente? (o fumo não ficou confinado ao fense do aeroporto) É legal? Não havia animais no local da queimada? Pode a Ana, em termos morais no que se refere ao atentado à vida de animais indefesos, queimar vivos animais que estariam na área queimada? Sabemos que não é a primeira vez que nos Açores a ANA toma atitudes de atentado à vida animal, inclusive de espécies protegidas como foi o caso dos milhafres no Aeroporto João Paulo II em S Miguel. Será, também, que a queimada foi realizada ao fim do dia prevendo que os funcionários do Ambiente já estariam a gozar as delícias do descanso nas areias da Praia Formosa ou noutro recanto do paraíso? Ou a Secretaria do Ambiente não tem jurisdição sobre o ar da ilha que fica fora do fense e é poluído pelo que se faz dentro do fense? O certo é que haveria outras soluções mais racionais, menos atentatórias do património comum que é o ar que todos respiramos e aos animais que devemos respeitar, roçar o mato e enterrá-lo de modo a decompor-se naturalmente. Mas isso seria uma solução simples demais…O certo é que, mesmo que a ANA não esteja abrangida (não estará?) pela lei geral do país mandam as boas práticas que apregoa ter (é uma empresa ecológica como dizem os baldes de lixo espalhados pelo terminal e nos cartazes), mandarão os procedimentos da política de qualidade que lhe terá dado a certificação queimar silvas, coelhos, grilos e outros animais? Será que há processo de qualidade para a limpeza das áreas envolventes às placas, taxiways e pistas?
Estou revoltada com a prepotência, o desrespeito, e a quem deu a ordem para que se fizesse o que foi feito só me apetece insultar, dizer o que não devo por respeito a quem me ouve, porque a eles, por não me respeitarem nem respeitarem aos outros marienses, já não lhes devo respeito nenhum. Sei bem que esta crónica lhes vai valer um sorriso de escárnio e um encolher de ombros e alguma comentário jocoso. Mas eu hoje vou dormir de consciência tranquila porque disse o que pensava. E eles? Vão dormir também com as suas tranquilas? Ou será que já a perderam faz tempo?”

Enquanto o meu cérebro viajou à velocidade do pensamento por estas duas crónicas os dedos avançaram as páginas do jornal e os meus olhos arregalaram-se estupefactos por um lado e felizes por outro: as meninas da Secretaria do Ambiente, as tais vigilantes da natureza desta vez não estavam na praia e viram que os cocós que fazem a bordo dos aviões são despejados num sítio que desemboca numa vala a céu aberto num despudorado atentado ao ambiente que é nosso. Parece que a responsabilidade é da ANA que não dá melhores condições para que a água choca seja despejada numa fossa ou noutro sítio onde não cheire mal nem suje o que é de todos.

Fico estupefacta quando o responsável pelo Gabinete de Comunicação da ANA afirma que a responsabilidade do tratamento dos efluentes será das Câmaras, esse Senhor deve desconhecer a realidade do Aeroporto mariense onde a ANA é dona e senhora de infra-estruturas, desde terrenos, esgotos, abastecimento de água, habitações e que do açucareiro para dentro é Dona e Senhora e não se rege por leis da República tendo atitudes completamente fora das leis gerais do País, mas isso “são outros quinhentos” que darão “panos para muitas mangas…” Ainda bem que os vigilantes cumpriram a sua obrigação de vigiarem aquilo que, apesar, de ficar no Reino de Sua Majestade ANA, SA é de todos nós. Vamos a ver se não fica tudo em “águas de bacalhau” como o caso dos Milhafres no Aeroporto de Ponta Delgada.

Abraços Marienses

Santa Maria, 21 de Abril de 2008
Ana Loura

22 Comments:

Anonymous Anónimo said...

É mesmo assim Ana, só gostava de ver a cara de alguns quando lerem o teu artigo, vão rir? eu creio que não , há muito que a ANA já não ri com os problemas que surgem neste Aeroporto, eles são uns a seguir aos outros,que nem tempo teem para rir.Mas o pior de tudo é pensarem que com isso quem perde são os marienses pois temos o Aeroporto que merecemos....

21 abril, 2008 19:33  
Anonymous Anónimo said...

Então vens outra vez para Santa Maria? Não deu certo no Porto,não é.A vida é diferente.Agora que se aproximam as eleições regionais é conveniente estar em Santa Maria!!!

23 abril, 2008 02:54  
Blogger Lua dos Açores said...

Vou voltar para Santa Maria, sim. A vida no Porto deu certo em muitos aspectos, mas há o financeiro que é incontornável. De qualquer forma a minha ida para o continente sempre foi uma ida a prazo, com motivações concretas e como saberás (sejas tu quem fores) nunca me desliguei de cá. Em dois anos passei cá, somados, o correspondente a 5 ou mais meses, mantive as crónicas. Quem me acusou de ter fugido de Santa Maria largou boca fora uma grande bacorada...mas enfim...sempre foi anónimo e não consegui explicar-lhe pessoalmente. Estou feliz por estar a voltar, mas triste pois deixo os meus Pais lá. Enfim, é preciso optar e nem sempre as opções nos fazem inteiramente felizes. Quanto às eleições, não sei se serei candidata, ainda não falámos sobre o assunto. Mas estarei disponível para o que a organização do Partido e da CDU de Santa Maria e Açores determinarem.

23 abril, 2008 04:34  
Anonymous Anónimo said...

é natural que te candidates e julgo que até poderas obter mais votos que os que obtiveste anteriormente.Para a Camara acredito que te possas eleger.Veremos. A vida no Porto é mais cara que em Santa Maria? Não acredito!!!

23 abril, 2008 05:07  
Blogger Lua dos Açores said...

Não, a vida lá não é mais cara. Mas o IVA aqui é muito mais baixo, como em casa todos os dias, não gasto tanta gasolina q lá é mais cara... Se o meu carro cá ficar a trabalhar em condições...afinadinho...senão tou tramada...

Veremos se fiz a melhor opção.

Olha dá sinal depois de leres este comentário...acaba por ser uma conversa particular que à maioria dos leitores talvez nem interesse. Obrigada pela parte política do teu comentário...Sabes que o eleitorado, parte dele não é previsível...mas acho que muita gente, e foi dito nas conclusões das Jornadas, sente falta de leitos da CDU. Veremos

23 abril, 2008 05:47  
Anonymous Anónimo said...

Acredito que a nível regional a CDU é capaz de eleger algum deputado,talvez em S.Miguel e Faial.As restantes ilhas serão rosa e laranja a não ser o Corvo que pode virar para a monarquia.O novo metodo de eleição tambem é uma incógnita por isso,não sei.Espero que te estejas a divertir na ilha de Gonçalo Velho.Quem me dera estar aí

23 abril, 2008 10:08  
Anonymous Anónimo said...

Sou eu outra vez.Chegou-me aos ouvidos,rumores,que já estiveram aí técnicos do Ambiente para verificar o que estava mal e aplicar a sansão conforme tinha preconizado a Delegação do Ambiente em Santa Maria.Foram mesmo?

23 abril, 2008 10:12  
Blogger Lua dos Açores said...

Divertir??? Quem dera...Muita coisa para tratar, a casa para limpar. Hoje não saí de casa, ando a tentar limpar os "estragos" dos meus queridos gatinhos. Hoje tenho menos um...Alguém mo atropelou esta manhã...as pessoas passam aqui rente à porta como se fossem numa auto estrada... Não acredito q a pessoa não tenha visto o bicho, mas enfim.

Quanto à vinda de alguém da Secretaria do Ambiente por causa do esgoto a céu aberto não te sei dar novidades, não saí de casa...não falei com ninguém. Vou tentar ouvir o telejornal. Mas se foi como dizes ainda bem que se estão a tomar medidas. Acho "piada" o senhor do Gabinete de Comunicação vir responsabilizar a autarquia do que se passa para dentro do Fense, na Zona Ar. Sei que no Aeroporto de Pedras Rubras, a ANA está a construir uma ETAR. Porque será que cá o critério tem q ser outro...

Beijo

23 abril, 2008 11:44  
Anonymous Anónimo said...

tens razão porque é que ANA em vez de resolver o assunto de uma vez fazendo uma ETAR está a tentar enganar o Zé Mariense.Só há uma culpada é a ANA e alguns funcionários que primam por dar cabo da ilha.Alguns já estão na altura de irem para a reforma.Achas que os monarquicos ganham no Corvo?O tais funcionários do Ambiente sempre vieram disse-me um primo que vive aí e acho que selaram o que estava mal. AINDA BEM,fez-se o que a Delegada do Ambiente disse na tv.Beijnhos

23 abril, 2008 19:18  
Anonymous LUKI LUKE said...

NA TV ? EM QUE CANAL PASSOU ISSO?

SOBRE ISSO DO CÓCÓ SÓ ME ADMIRA NÃO TER SIDO MAIS CEDO, PARECE MENTIRA QUE SÓ AGORA É QUE ABRIRAM OS OLHOS.
QUEM NÃO SABIA PA ONDE IAM OS CÓCÓS DOS AVIÕES E ATÉ DE TODAS AS CASAS HEIN?

POR AMOR DE DEUS SÓ AGORA É QUE SE DERAM AO TRABALHO SERÁ POR SER ANO DE ELEIÇÕES?

BJ ANA

24 abril, 2008 10:57  
Anonymous Anónimo said...

RTP-AÇORES

24 abril, 2008 18:47  
Anonymous Anónimo said...

A gestão dos "cócós" do Aeroporto é da responsabilidade da Ana e toda a zona que se situa a partir do açucareiro npara dentro,excepção daS casas da Cooperativa,é da total da empresa referida.Mas acabemos com a mer... e tratemos bem de outros problemas que existem na ilha,porque a questão já esta resolvida,segundo sei, com a boa vontade do Ambiente,da Câmara ,da SATA e também da ANA.Assim espero

25 abril, 2008 02:52  
Anonymous Anónimo said...

Pois ,pois resolvidissima , e porque não resolveram antes? se era assim tão fácil... só faltava vermos escarrapachado nos jornais mais uma coisa maravilhosa sobre Santa Maria para nos vir ajudar a ter a tal imagem que ironicamente muitos até gostam bastante - quanto pior, melhor - Cabecinhas pensadoras e levaram tantos anos para agora virem resolver num segundo ele há cada um....

25 abril, 2008 11:54  
Anonymous Anónimo said...

MAS SERÁ QUE ESTÁ MESMO TUDO RESOLVIDO????? PARA ONDE TEM IDO OS CÓCÓS ENTÃO????

25 abril, 2008 14:00  
Anonymous Isabel Maria said...

Claro que para ficar resolvido defenitivamente terá a ANA que efectuar a ligação aos esgotos municipais mas antes tem que arranja-los.Não poderá nem deverá ser a Camara a fazer esta obra mas a empresa que tem essa responsabilidade, a ANA.ACTUALMENTE SEGUNDO OUVI DIZER ESTÃO A SER TRANSPORTADOS PARA A ETAR MUNICIPAL.Como,não sei

25 abril, 2008 19:42  
Blogger Lua dos Açores said...

Neste momento pelo q sei os ditos cujos são retirados dos aviões pela SATA, são transfegados para um autotanque da Câmara Municipal e despejados na ETAR, também, da CMVP

26 abril, 2008 11:14  
Anonymous Anónimo said...

Então as entidades resolveram o assunto.Não é?

26 abril, 2008 17:20  
Blogger Lua dos Açores said...

Não, o assunto não está resolvido, apenas foi encontrada uma solução transitória que possibilita as escalas técnicas no nosso aeroporto, pois sem este serviço de esvaziamento dos efluentes aqui os os aviões divergiriam para aeroportos que o assegurassem. Pelo que sei foi a SATA quem pediu ajuda à Câmara que de imediato se disponibilizou. A ANA devia estar preocupada com assuntos "mais nobres" como a caça às bruxas de saber que ateou o rastilho deste assunto...

Para o assunto ficar definitivamente resolvido faltará à ANA criar condições para que os tais cócós sejam despejados em sítio próprio.

27 abril, 2008 02:02  
Anonymous isabel Maria said...

Tal como disse anteriormente.Falta só referir o papel importante que desempenharam a Delegação do Ambiente,a Camara,os funcionários da Sata, não se podendo dizer o mesmo da ANA que dificultou o processo,pelo menos foi o que ouvi dizer.Será verdade? Se é, meus amigos,mais um inimigo(ou mais)a solta!

27 abril, 2008 04:42  
Anonymous isabel Maria said...

No blog Santa Maria estão a falar do ASAS.O que me dizes sobre isso?

30 abril, 2008 08:50  
Anonymous Isabel Maria said...

Então Ana o que me dizes sobre o ASAS?Medo de dar a tua opinião?

07 maio, 2008 01:11  
Anonymous Anónimo said...

Minha cara bloguista: "fenses"???
Não quereria dizer vedações, cercaduras?
É que, eu sei, "fenses" é Mariês... mas o blogue também é lido por outras pessoas que não Marienses.
Ao menos entre aspas, como o "dumpar"...

08 maio, 2008 10:36  

Enviar um comentário

<< Home