Get this widget | Share | Track details
Mulheres de Atenas: Turistas exigem intervenção do governo

25 setembro 2006

Turistas exigem intervenção do governo




Originais das fotos cedidas por AMC a quem agrade;o

Estas duas fotos ilustram comportamentos opostos perante a natureza e os animais. Feitas durante o Campeonato Mundial de Pesca de alto mar realizado há dias em S Miguel. Uma das equipas trouxe o troféu para terra, morto, e exibiu-o da forma que a foto ilustra perante bastantes pessoas que se deleitaram com o sádico espectáculo. Outra equipa, depois das medições da praxe, e após se dedicar a oxigenar o Espadim azul durante largos minutos, devolveu-o vivo ao mar.

Bom dia!

Correio dos Açores dia 11 de Agosto de 2006, pagina 5
“Turistas exigem intervenção do governo.

Maus-tratos em animais é chocante

Os turistas que visitam os Açores continuam a denunciar casos de maus-tratos em animais e dizem-se revoltados com a situação, pedindo a intervenção do Governo Regional. Querem, nomeadamente, que o Executivo açoriano crie legislação que defenda os animais de maus-tratos.

O jornal cita declarações de turistas que afirmam “Vimos cenas de maus-tratos a cães e gatos nas ilhas de S. Miguel e Terceira que nos arrepiam. E acrescentam que, na maioria dos países da União Europeia, e na Suiça, existe legislação que aplica sanções punitivas aos donos que maltratem os animais

Acrescentam: “Com a denúncia feita à comunicação social da Terceira, os turistas suíços esperam contribuir para ajudar a resolver os muitos problemas que existem nos Açores relativamente a forma como os animais são tratados.””

Agora digo eu, é triste terem de vir os estrangeiros chamarem-nos selvagens, dizerem como devemos tratar dos animais, darem-nos lições de moral. Mas o certo é que eles têm razão. Nos últimos tempos tenho feito passeios em S Miguel e é vulgar encontrarem-se cães feridos, com correntes enterradas nas carne do pescoço, atados a cordas curtas e a não terem onde se abrigar do sol e da chuva, vacas em pastos enlameados enterradas ate aos joelhos.

Será que estamos tão habituados a estas cenas que já nem notamos? Estamos insensíveis? É que estas cenas não são exclusivas de S. Miguel. Em S. Maria já me apareceu à porta um cão com a corrente enterrada na carne, tive que pedir ajuda para a cortar e cuidei dele durante 3 dias, telefonam-me a dizer que as vacas de fulano estão enterradas em lama até aos joelhos, que encontraram uma ninhada de gatos recém nascidos abandonados num contentor de lixo, para não falar nos animais que me largam à porta para que eu acolha.É habitual vermos ouriços caixeiros atropelados nas nossas estradas. Acho estranho que um animal que se desloca tão lentamente seja atropelado, que um condutor não possa desviar-se os poucos centímetros suficientes para não atropelar uma animal tão pequeno e simpático…somos mesmo muito civilizados

A Câmara Municipal de Ponta Delgada capturou mais de 100 cães abandonados no passado mês de Agosto. De quem seriam esses cães? Porque foram abandonados? Que fim tiveram?
Associações de defesa dos animais fazem campanha junto de países que privilegiam o Algarve como destino turístico alertando para a realização das touradas na esperança de que as autarquias das cidades onde elas se realizam acabem com o bárbaro espectáculo pressionadas pela relutância dos turistas em frequentarem essas terras.

Realizou/se há 15 dias em Vila do Conde uma feira Agrícola, A Câmara Municipal e uma associação estavam a oferecer animais abandonados e outros que pessoas levavam para serem adoptados. É pratica de algumas associações de protecção aos animais recolherem gatos e cães esterilizarem-nos e voltarem a devolve-los aos seus habitats. Estou ansiosa por ver estas práticas adoptadas nas nossas ilhas pelos nossos municípios. Práticas destas estão a tardar, como tarda a construção do nosso canil/gatil municipal.

Que não seja mais preciso virem os estrangeiros que nos visitam puxar-nos as orelhas pela forma como lidamos com seres que sentem, sofrem e se alegram quase como nós.

Abraços marienses,
Azurara, 25 de Setembro de 2006
Ana Loura

6 Comments:

Anonymous José Gomes said...

Ana,
Quero agradecer-te este teu post em nome de todos os animais sem voz.
A tua crónica é chocante e um grito de alerta.
Espero que todos a ouçam e se lembrem que estes "desportos" são cruéis. Como dizes e bem estes animais (e muitos outros!) são seres que sentem, sofrem e se alegram como nós.
Obrigado pelas tuas visitas.

26 setembro, 2006 12:37  
Blogger suminha said...

Sem dúvida chocante, de uma indignação feroz. Não entendo a capacidade das pessoas ser tão negativa, crueldade perante um ser indefeso, não concordo.
Parabéns pelo post.

27 setembro, 2006 15:25  
Blogger Passaro Azul said...

Querida amiga Mariense,
adorei os teus abraços cagarros.
Como os entendi!!!
Como o "nosso" comum amigo, apesar de ter partido, continua a unir-nos tanto neste mundo da blogosfera.
O teu texto está fantástico.
Na realidade, praticam-se verdadeiras atrocidades com seres que como tão bem dizes, sentem,sofrem e se alegram como nós.
Estou contigo amiga.
Deixo-te o meu abraço cagarro cheio de carinho e amizade.

29 setembro, 2006 15:33  
Blogger jocaferro said...

Obrigado pela visita.
Pois...
O que poderei dizer?
Uma sociedade que trata tão mal as crianças e os velhos não poderá, certamente, fazer melhor pelos "outros animais".
@braço.

02 outubro, 2006 05:40  
Anonymous José Resendes said...

sou totalmente a favor de maus tratos aos animais ..mas queria aqui deixar uma pergunta em relaçao ao facto das fotos e da sua indignaçao pelas fotos do peixe pendurado:


A senhora nao come peixe?

Pq nao se insurge contra a apanha do chicharro, da abrotea, do pargo, do bonito, etc etc?

Pois ...estes sao saborosos e nao aparece fotos na comunicaçao social!

Sou pelos animais mas vamos com calma!

Alem da sobrevivencia alimentar o desporto reina na natureza do HOMEM e como tal nao vejo, nesse caso especifico do big game, que seja um caso de mau trato!

Por acaso nao mata barats com o pe?
Nao poe "DUMDUM" para as moscas?
Nao tira e esmaga as carraças dos seus caes?

Tudo isso sao maus tratos aos seres vivos e contudo nao acredito que nao faço!

Tudo com seu peso e medida .... vamos Lá!

07 outubro, 2006 05:36  
Blogger Lua dos Açores said...

Caro Senhor Resendes

Penso que haverá uma gaff no que o Senhor escreveu, não creio que seja a favor dos maus tratos dos animais. No máximo será favor da utilização deles para a nossa sobrevivência e da sua eliminação quendo o seu convívio com o ser humano se torna pernicioso. Se era isso que queria dizer eu concordo consigo em género e número. Agora inflingir sofrimento para gáudio de quem o pratica ou de quem observa...

Se leu bem o q escrevi eu fiz notar a diferença de atitudes entre duas equipas...ambas pescaram, mas uma delas devolveu ao mar o peixe depois de o ter reanimado...

Há atitudes que destinguém os humanos entre selvagens e civilizados...uns são o e outros não
Abraços marienses

08 outubro, 2006 15:27  

Enviar um comentário

<< Home