1 de setembro de 2008

Kit autonómico e oportunismo


É este o cartaz de propaganda política do PS a que eu associo o oportunismo da distribuição do Kit Autonómico. A primeira vez que vi este cartaz pensei, até, ser campanha da SATA e pensei: tá giro. É que a SATA lançou uma campanha de 30% de desconto para residentes desde que reservem e comprem as passagens com um mínimo de 15 dias de antecedência para 10% dos lugares disponíveis. Mas não vendo a sigla da SATA relacionei o cartaz com as negas do Presidente da República pois vi que a frase estava entre aspas e assinada pelo (Presidente) Carlos César e pensei que o nosso Governo se tinha posto em bicos de sapatos de verniz e realizado uma campanha de imagem enaltecendo a açorianidade e disse cá para mim: a imagem resulta muito bem, embora a família tenha mais ar de turista do que de uma família tipicamente açoriana, mas tá bem, esteriotipos... Só passados dias olhei melhor o cartaz aqui perto de casa e vi no cantinho inferior direito o emblema do PS, bem pequenino e pensei: o cartaz continua a ser bonito, mas para propaganda partidária o emblema fica diluído, não é eficaz. Mas está bonito sim senhores. Eis senão quando vejo anunciado no Telejornal da nossa televisão que a partir desse dia iria aparecer no meu apartado que pago aos CTT um chamado kit autonómico e fiquei com "a pulga atras da orelha" uhmmm, cheira-me a esturro...aquela bandeirinha que a menina desfralda ao vento...e tanto cheirou que se confirmou, na minha opinião, o que logo pensei: aqui está uma pré campanha concertada com o cartaz e às custas do Povo ou será povo (?) açoriano num descarado e despudorado oportunismo, é preciso ter lata.
(Parte de resposta minha a uma amiga que me perguntou se eu tinha deixado de gostar do cartaz quando vi que tinha o emblema do PS no canto e porque me pareceu q ela não entendeu o que é o Kit:
Acontece é q 15 dias depois o Governo Regional mandou para todos os lares açorianos uma caixinha onde meteu dentro uma bandeirinha igual à q a menina desfralda ao vento, um cd com o hino da Região, dois autocolantes, uma brochurazinha a explicar as insígnias e uma carta de fazer chorar as pedras da calçada numa estranha coincidência que me pareceu oportunismo pela conjunção com o cartaz e o resto está aqui escrito.)


Sou orgulhosa dos nossos valores, tradições e claro que símbolos, embora o escudo da Região não me pareça muito "bonito" talvez porque não o entenda. Quanto a esta distribuição em massa...para além da "oportunidade" que eu questiono como questiono os vários concursos para obras que já são reclamadas há quatro e mesmo mais anos, como por exemplo a estrada do Pico Alto, e que estão a sair em série como se o mundo acabasse amanhã, acho que muitos destes kits nunca irão ser abertos, lidos, entendidos, que a campanha não será eficaz que deverão ser as escolas, desde o jardim infantil, passando por todas as outras mesmo a universidade a apresentar e explicar os nossos símbolos. Esta campanha será cara e pouco eficaz e por outro lado será entendido como um presente de César em vésperas de eleições quando somos todos nós a pagar.



IUPIEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE, recebi o kit que coube ao meu agregado familiar...agora o que faço??? Tenho 3 filhos, um em cada canto, rasgo a bandeira em três? Três, não, quatro que eu também sou "filha de Deus" Fotocopio os autocolantes?? Fotocopio o livrinho?? Faço cópias piratas do CD?? Engraçado que todas as pessoas com quem falei até agora (e não são da minha côr política) todas elas atribuem a qualidade de campanha eleitoral a este envio NESTA altura
Pois...que grande coincidência...ele há coisas assim...ainda por cima quando o primeiro cartaz de propaganda do PS nesta pré campanha tem nas mãos de uma criancinha que está aos ombros do pai uma enorme bandeira da Região e se diz qq coisa como "Como é bom ser açoriano" Caramba, o senhor que fez este cartaz ou é bruxo ou está muito bem informado quanto às acções de sensibilização do Executivo que se lembrou de no final do terceiro mandato de ensinar aos açorianos quais são os símbolos da nossa Autonomia.
A respeito deste assunto trascrevo o documento enviado pelo Partido Comunista Português- Açores à Comissão Nacional de Eleições:
Queixa à Comissão Nacional de Eleições
Distribuição aos açorianos, pela Presidência do Governo Regional, de um “kit autonómico” no qual é incluído uma carta com foto do candidato do PS pelo Círculo Eleitoral de S. Miguel e pelo Círculo Regional de CompensaçãoA CDU Açores vem solicitar a apreciação e intervenção de V. Ex.as com o objectivo de por cobro, ao que julgamos ser uma clara acção de pré-campanha eleitoral levada a cabo em nome da Presidência do Governo Regional dos Açores e suportada pelo erário público.1. A pré-campanha eleitoral do PS Açores é, legitimamente, ancorada em frases que procuram despertar o sentimento regionalista e autonómico, aliás à semelhança de outras forças políticas que vão disputar as Eleições de 19 de Outubro de 2008;2. A Presidência do Governo Regional dos Açores iniciou, recentemente, uma campanha de distribuição por todas as residências açorianas de um denominado “kit autonómico” do qual fazem parte um CD com o hino regional, um livro, um pendão e uma carta com foto do Presidente do Governo Regional, de entre outros materiais concebidos em diferentes suportes ver em: http://www.azores.gov.pt/Portal/pt/novidades/Governo+dos+A%C3%A7ores+distribui+%E2%80%9CKit+Auton%C3%B3mico%E2%80%9D.htm;3. A articulação das frases de pré-campanha eleitoral do PS Açores com o denominado “kit autonómico” é, por de mais, evidente. Mas se aqui pode haver alguma subjectividade na análise dos factos, há, no entanto, um dado que objectivamente conforma uma clara acção que favorece uma das candidaturas que concorrem às eleições de 19 de Outubro. 4. A distribuição massiva de uma carta com a fotografia do candidato a deputado do PS, pelo círculo eleitoral de S. Miguel e pelo círculo regional de compensação, o actual Presidente do Governo Regional, a menos de dois meses da realização do acto eleitoral é, em nossa opinião, uma clara violação dos mais elementares princípios democráticos e configura ilícito do período pré-eleitoral por favorecimento de uma candidatura e pela utilização de dinheiros públicos para o efeito.Assim, reiteramos o nosso pedido de que este assunto seja devidamente analisado por V. Ex.as e que sobre ele haja um pronunciamento e intervenção de modo a que no período pré-eleitoral os partidos e coligações possam dispor de iguais condições de divulgação da sua mensagem política, que a ética seja reposta e que os dinheiros públicos não sejam desbaratados em actos de propaganda eleitoral.Ponta Delgada, 28 de Agosto de 2008O Coordenador Regional,__________________________Aníbal C. Pires
Sábado, Agosto 30, 2008
Abraços marienses

6 comentários:

Anónimo disse...

Tudo certo Ana , lá terás as tuas razões para não gostares do Cartaz, cada um com o seu entender das coisas, mas o que dizes do cartaz ao lado? consegues da perto da tua casa associar? a cor, as setas etc? bem é que devemos uma vez ou outra abranger o nosso alcanse das coisas que dizemos ver e entender, talvez assim se consiga entender a razão das tuas dúvidas e francamente o teu artigo desta vez não terá sido um pouco longo?ainda se tivesses mais dois ou trez cartazes para fazermos a diferença - diz-me qual o Partido que em campanha não tem enganado o POVO Açoreano? ainda se fosse só em campanha é que alguns levam a vida inteira a enganar o Povo e continuam a pensar que acreditamos neles isso sim é que é uma tristeza!!!!

Lua dos Açores disse...

Caro ANÓNIMO

Pelos vistos o post está mesmo longo e confuso pois não me fiz entender. Resumindo: eu gosto do cartaz, está perfeito a nível gráfico, está mesmo muito bonito. A única coisa de que eu não gostei foi de ver associada a uma campanha do PS uma campanha do Governo Regional(paga com os nossos impostos), por isso digo que há oportunismo. Quanto ao resto do que diz continuo a achar que há forças políticas honestas, por isso estou onde estou.

Ah, o post está mais ou menos uma manta de retalhos pois tem origem numa troca de e-mails no World Azorian, numa conversa online com uma amiga de lisboa. Tenho que o reformular. Vamos a ver...

Abraço mariense

Anónimo disse...

Longe de mim ofender, mas gostava mesmo era de ver outros cartazes por alí e depois então falariamos em quem financia os mesmos pois percebo pouco de política mas de uma maneira ou outra todos os partidos recebem para as campamnhas e o dinheiro vindo do governo ou do bolso do contribuinte (quotas) vai dar ao mesmo lado o que é necessário é que todos usem bem as suas intenções para que querem afinal ser eleitos, um bem haja e não te iludas porque a política obriga a que por vezes se exagere.

Lua dos Açores disse...

Anónima/o

Não me senti ofendida, não vejo qq ofensa. Sei de onde vem o dinheiro que financia os partidos, sei que há dinheiro dos nossos impostos, mas no meu sei que há, também, dinheiro das minhas quotas e dou-o por bem empregue. A questão fundamental da minha chamada de atenção é o kit e não o cartaz na sua essência, é a ligação inequívoca do kit ao cartaz pelo que para mim o KIT é propaganda política do PS feita pelo Governo Regional. Penso que fica esclarecido o assunto.

Obrigada por me dares possibilidade de esclarecer.

Lua dos Açores disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Cara Ana, Gosto dos seus artigos tenho lidos todos eles por vezes trocamos ideias eu como L.A. ou no anonimato (o que vem a dar no mesmo)como foi o caso desta minha intervenção aqui sou sempre a mesma pessoa atenta ao que escreves só achei graça por teres ligado tanto a um pequeno ponto no meio do Oceano que afinal não passa de um Kit mas que tu conseguiste alcançar de perto da tua casa, só isso é que me fez rir de vontade sem querer com isso desvalorizar a tua análise.
Continua a escrevr mas não tão longos os artigos que no final já estava sem saber o que dizias no principio.
Um Abraço sempre mariense
L.A.