Get this widget | Share | Track details
Mulheres de Atenas: César sucede a César

28 janeiro 2008

César sucede a César

Bom dia!

Que felicidade têm obrigação de sentir os Açorianos. Alegria quase comparável à que sente a Cristandade quando sai o fumo branco da chaminé da Capela Sistina indicando que o Colégio Episcopal encontrou consenso na eleição de um novo sucessor de Pedro.

Pois é o que vos digo, já há sucessor para César. Depois de muito ponderar, de muito contactar as cúpulas partidárias no continente César, finalmente, decide suceder a César. Mas estranhamente César não afirma no seu discurso de fumo branco que as cúpulas partidárias continentais estão solidárias com César mas que, e passo a citar o Açoriano Oriental “Por último, com esta candidatura a um novo mandato à liderança do partido na região, Carlos César pretende ajudar José Sócrates a vencer as legislativas de 2009 e reforçar a influência do PS/Açores nas autarquias do arquipélago.” Portanto César está solidário e apoia Sócrates e não o contrário. E eu que quando César foi a Lisboa pensava que ele tinha ido pôr-se em bicos de pés negociar, exigir solidariedade por parte de quem gere os nossos impostos de forma a que passem a ficar na região quantias mais significativas a bem do desenvolvimento.

E por falar em desenvolvimento, é este o desabafo de um amigo ao conversarmos sobre o anúncio da terceira recandidatura de César: “Esse César, é o tal que acha que o desenvolvimento dos Açores, passa por uma marina na Graciosa, um campo de golfe em Santa Maria e as Portas do Mar em Ponta Delgada. Um escândalo!
O que ele fez foi apenas colocar os milhões que lhe entraram de Bruxelas, numas estradinhas e outras obras de betão. Por que se ele não o tivesse feito, seria bem pior, por que lhe iam perguntar para onde tinha ido o dinheiro.”

Continuando a citar o Açoriano Oriental “Segundo disse, o primeiro objectivo passa pela renovação programática do partido, enquanto que o segundo consiste na “renovação dos recursos humanos que envolvem a direcção e gestão do PS/Açores e ao nível governativo”.

O terceiro propósito de Carlos César é “vencer as eleições regionais” de Outubro para o Parlamento açoriano.
Com conjugação destes objectivos, o líder dos socialistas açorianos, que chefia o Governo Regional desde 1996, pretende acentuar o “esforço e contributo para o desenvolvimento dos Açores”.
“Os próximos meses serão, por isso, de grande preocupação, no sentido de uma reflexão sobre os problemas dos Açores, as suas mais-valias e sobre aquilo que é preciso fazer melhor, com um grande envolvimento social”, afirmou”

Temos que concluir, mediante este último parágrafo que os Açores tem problemas, ou melhor, que César reconhece que os Açores têm problemas e que é preciso fazer melhor, eu acrescento que é preciso fazer muito melhor, mas mesmo muito melhor, mas, pelo trabalho realizado, até agora, pelo governo de César desconfio que ainda não será desta vez.

Claro que por mais que César faça renovações programáticas e de recursos humanos não alterará a visão que o PS Açores tem da região, nem a sua: de uma região cujo desenvolvimento privilegia algumas poucas das suas nove ilhas e cujo expoente máximo, para Santa Maria, é um Campo de Golfe de eficácia e futuro duvidosos.

Dizia um inglês depois de ter vivido algum tempo em Portugal ao regressar à Inglaterra que nós éramos um povo muito estranho pois tínhamos três horas diferentes: “O hore velhe, o hora nove e o ore porre”. Eu acho que nós Açorianos, também somos muito estranhos pois teremos no governo o mesmo partido liderado pelo mesmo César por mais quatro anos…se votarmos neles e o mais grave, ainda, é que César irá fazer o tudo por tudo para que Sócrates seja reeleito.

Um mal nunca vem só.

Abraços marienses
Árvore, 27 de Janeiro de 2008
Ana Loura

6 Comments:

Blogger TODA.A.MAGIA.DURA.UMA.ETERNIDADE. said...

Não iludo as palavras elas é que me iludemapenas lhes acrescento letras elas acrescentam-me vida.
Gostei de ler:)

28 janeiro, 2008 02:13  
Anonymous Anónimo said...

ONDE ESTÁ A PAIXAO DOS GOVERNOS SOCIALISTAS.
SAUDE... UMA LASTIMA...
EDUCAÇAO... OS ALUNOS ATÉ TEM DE LEVAR PAPEL HIGIENICO PARA A ESCOLA.E OS PAIS PAGAR 5 EUROS POR MES PARA AJUDA...

QUE FUTURO MEU DEUS, E ESTÁ TUDO TAO CONTENTE...

28 janeiro, 2008 03:28  
Anonymous José M. Martins said...

Esqueceu-se de quem quase liquidou Santa Maria. Foram Mota Amaral e o PSD, que trocaram a placa giratória do movimento aéreo pelos votos dos terceirenses.
As mulheresde Atenas não eram assim, cara Ana Loura. Ao menos, tinham memória e não eram intelectualmente retrógradas.

28 janeiro, 2008 03:30  
Blogger Lua dos Açores said...

Caro José Martins

Nesta crónica eu não faço a apologia dos governos de Mota Amaral. Sabe quem me conhece o quanto sou crítica ao que se passou em Santa Maria no tempo de Mota Amaral e concordo em género e número com o Vc diz sobre a placa giratória e há muito mas muito a acrescentar à lista do malefícios que a política laranja trouxe à Ilha. Não posso é beijar os pés ao Governo de César porque ele fez (terá mesmo feito?) alguma coisinha mais que os outros.

Obrigada por ter vindo ao Mulheres.

28 janeiro, 2008 03:55  
Anonymous Anónimo said...

Quando as pessoas são competentes nos diversos cargos que ocupam é meu entendimento que devem continuar . O tempo só corroi aqueles que não trabalham com sabedoria e seriedadede. O exercício de funções perdura se assenta em bases solidas com pessoas com carácter e que têm como objectivo a melhoria das condições de vida das populações, o desenvolvimento das sus cidades , Vilas e Aldeias. Ao longo destes anos de governos Açoreanos reparei que nunca houve grande rotatividade nos Partidos para elegerem os seus Representantes máximos senão vejamos: O Dr. Dec Mota sucedeu-se em vários mandatos, nunca me pareceu que fosse por ser incompetente ou por não encontrarem sucessor à altura... No PSD Durante 2o anos lá esteve o Dr, Mota Amaral outro Homem sério e inteligente , no CDS o Dr. Alvarinho também foi bom no seu exercício de alguns anos. Agora no PS temos o Dr César, haverá algum mal em que Assim seja? Não se mudam as pessoas por dá cá aquela palha, mudam-se quando estão a fazer mal às populações e quando se estão apenas a servir delas. O Povo Açoreano sabe, sempre soube onde estão aqueles que lutam para resolver todos os problemas da Região e mais uma vez se entender que esta não é a solução para os nossos problemas e desafios saberá dar a resposta e esta é que é a verdade, Devemos acreditar na sabedoria do nosso Povo e não pensar que não é capaz de decidir sozinho,A nossa Região está mudada é injusto pensar-se que muito pouco foi feito - Acredito também que outros poderão fazer melhor mas se é assim então porque não aparecem alternativas credíveis???
É só uma pequena e modesta opinião que até também pode estar errada...
L.A.

28 janeiro, 2008 14:18  
Blogger Tiber said...

Vejo-te a falar de marinas, campos de Golfe, Portas do Mar, dinheiros de Bruxelas, eleitoralismo, obras de fachada ou pouco úteis, dinheiro quiçá mal gasto... Sucessores e sucessão, anos e anos do mesmo poder, mudanças de pessoas e não de políticas, etc
Tens a certeza que estás a falar do teu Arquipélago e não do meu?

"E quando à mesma mesa se reuniam os Porcos e os Homens, já não se distinguiam uns dos outros"-Orwell (O triunfo dos Porcos)...

Bem vinda ao Clube!
Tiber

28 janeiro, 2008 14:31  

Enviar um comentário

<< Home